sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

stopping time



Só não quero que pesadelos se tornem realidade, o que em tudo o que faço, parece já acontecer. Será sempre mais e pior do que o que esperava, e doerá muito mais do que o imaginável. O Sol nasce a cada dia pela manhã, mas é também ele que todas as tardes cai e sim, todos nos sabemos que um dia vai ser definitivo um dia assim como temos que colocar pontos, hoje onde colocamos as vírgulas. E se alguma vez tentamos excluir por completo, se tentamos aumentar a velocidade natural das coisas, sabemos que não dará certo, mas a vontade e a falta de medo nos fazem continuar. O medo não me afeta mais apenas sinto as dores da conseqüência dessa falta de medo eu queria poder parar o tempo parar meus sentimentos poder te ter aqui eu queria te ter por um momento.





                        Depois de te perder estou me perdendo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário